Polo Universitário Petroleiro em Santa Cruz

Caso de Estudo

Quando o viento erosiona tudo a seu paso.

 

Requerimento

—————————————————————————————————————————————————————————————–

A Universidade Nacional da Patagônia Austral (UNPA) nos contratou –através da Fundação YPF- para projetar em Las Heras (polo petroleiro localizado em uma área próxima a Caleta Olívia, Estado de Santa Cruz) a construção do primeiro centro universitário dedicado à Especialização em Petróleo, uma carreira universitária vinculada ao desenvolvimento produtivo local.

—————————————————————————————————————————————————————————————-

 

 

Desafios do projeto

Em todo projeto de prédios, a prioridade é interpretar previamente o contexto sobre o qual se deve trabalhar antes de tomar as primeiras decisões projetais.

Por essa razão, realizamos diferentes análises e avaliações da área onde se localizariam os prédios, podendo assim diagnosticar as fortalezas e debilidades estruturais da cidade como o uso do solo (trama e tecido urbanos), clima, topografia e estrutura morfológica edilícia.

Essas avaliações iniciais nos permitiram definir o perfil da cidade e suas particularidades, sendo o clima um de seus aspectos diferenciais. Desde uma grande amplitude térmica entre o dia e a noite, os intensos ventos –sempre em direção oeste-leste (cordilheira-mar)- impedem, segundo avaliação realizada, o correto uso dos espaços públicos da cidade.

Na análise detectamos que os prédios mal implantados em relação com os ventos, não permitiam nenhum vínculo com os espaços exteriores e em muitos casos provocavam maior velocidade dos ventos pela incidência das formas geométricas projetadas; enquanto que outros bem implantados em relação com o sol e os ventos, permitiam áreas exteriores protegidas e essa condição de proteção oferecia boas condições ambientais para o crescimento da vegetação.

 

 

Conceito do projeto

A orientação da implantação

Tomando em conta a análise mencionada (ver imagens), projetamos um prédio em dois blocos que nos permitissem proteger dos fortes ventos um espaço interno (pátio).

Estes blocos definidos pelos prédios solicitados pelo programa de necessidades se definiram morfologicamente no andar térreo e dois andares para a Escola Pré-universitária e só um andar para o Centro Universitário. O primeiro bloco, ao ser mais alto, parava os fortes ventos do oeste, enquanto o segundo mis baixo permitia uma boa penetração da luz solar ao pátio central como o sol do leste; desse modo facilitamos o desenvolvimento de atividades externas próprias de um prédio educativo, aproveitando que a temperatura média anual o permitia.

 

 

Conclusão

A importância de um código urbano regional idôneo

Infelizmente, através desta experiência percebemos que a cidade de Las Heras não possui um código urbano que regule especificações relacionadas como tecido urbano, o uso do solo e de perfis edificáveis que permitam o desenvolvimento de áreas externas habitáveis e protegidas.

Dada a experiência da Kraftwelt nesta área, nos parece importante destacar a relevância de gerar avaliações profundas das condições do clima e as características do contexto onde se desenvolverão as cidades; para que os sistemas ou projetos urbanos e de edifícios que se proponham e construam não só respeitem um código urbano idôneo, senão que ao mesmo tempo impliquem uma contribuição significativa que permita melhorar a qualidade de vida das pessoas que a habitam. KWA

 

2015 © Kraftwelt – Arquitetura Corporativa